terça-feira, 22 de setembro de 2015

Canavieiras: Dois São Presos Com 1 Kg De Maconha Na Favelinha


Foi durante uma ronda de rotina na cidade hoje pela manhã, que por volta das 06:30h, uma guarnição da briosa Polícia Militar de Canavieiras, a ocorrência aconteceu no final da rua Alcides Costa, local popularmente conhecida como "favela do mosquito" ou "favelinha, a guarnição avistou dois indivíduos numa atitude que fez os policiais suspeitarem que havia comercialização de drogas no local, juntos a eles, um terceiro elemento que foi identificado como um dependente químico. 

Ao notarem a presença da viatura, os indivíduos tentaram evadir do local, mas foram alcançados e capturados pela guarnição, que realizou a abordagem e busca pessoal nos suspeitos, os PMs encontraram com os indivíduos o seguinte material:


- 1kg de maconha prensada
- 16 papelotes de cocaína
- 16 pedras de crack embaladas
- 3,3 gramas de pedras de crack 
- 02 celulares
- 03 facas para corte de droga.

Os dois conduzidos, com os quais os policiais encontraram a droga, foram identificados como: Roberto de Jesus Oliveira, vulgo betão, (irmão do traficante índio) e Elivelton Pinheiro dos Anjos.



Os dois marginais foram apresentados na Delegacia Territorial de Canavieiras, onde foi lavrado o flagrante.

Leia Também: 
Canavieiras: A Casa Caiu Para o "Índio da Favelinha" 
PETO De Canavieiras Apreende 1,3 kg Maconha Na Favelinha

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Prefeita De Camacan É Encontrada Morta Em Sua Casa

Prefeita Angela Castro (foto: divulgação)
A prefeita do vizinho município de Camacan, Maria Ângela da Silva Castro, foi encontrada morta em seu apartamento na tarde desta sexta-feira (18).

Segundo informações da Polícia Civil, Ângela, que residia em um prédio na Rua de Mascote, centro de Camacan, não mantinha contato com familiares, amigos ou colegas desde a quinta-feira (17).

Por volta das 14h desta sexta-feira, um irmão da prefeita, preocupado, foi até o apartamento e a encontrou morta. Ele, então, foi à delegacia e comunicou o ocorrido.

Ângela Castro era filiada ao Partido Progressista (PP) e estava no seu segundo mandato como prefeita da cidade.

O corpo da prefeita Ângela, que completou 60 anos no domingo (13), foi encontrado no início da tarde desta sexta caído na cozinha do apartamento onde morava no centro de Camacan. As causas da morte ainda serão investigadas. A suspeita é de que ela tenha sofrido um infarto. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi até o local para realizar uma perícia e determinar a causa da morte. 

O caso segue sendo investigado pela delegacia de Camacan. O sepultamento, está previsto para manhã deste sábado (19).